terça-feira, 31 de maio de 2011

Merda sim que é ouro!


Japão é um país venenoso, uns pisando na cabeça dos outros, uma ou outra rara amizade nos becos de alguma província DISTANTE, sem competição, sem inveja. O maior veneno do mundo é a inveja, a inveja de quem faz alguma coisa, alguma diferença no mundo, de quem consegue não ser engolido pelo concreto, não há jeito de esquecer disso olhando para o mar, dando uma voltinha nas montanhas, porque acreditem ou não, não há mar, não há brisa em ilha que não há um descanso para olhos feridos, doloridos, ardendo de tanto veneno. Punhais nas costas, logo depois do sorriso cínico e do beijinho no rosto…



"Merda é veneno.
No entanto, não há nada
que seja mais bonito
que uma bela cagada.
Cagam ricos, cagam pobres,
cagam reis e cagam fadas.
Não há merda que se compare
à bosta da pessoa amada..." - Paulo Leminski







Mais então... “Out of step with the world…” diz em uma música “its like screaming at a wall!” diz na outra!!! Ai a bateria acaba e você descobre que não é mais possível andar na rua sem musica pois provavelmente sempre vai ter algum merdinha querendo dar palpite na sua vida [morte]. É terrível,ninguém entende nada, não adianta tentar explicar que desgasta e piora a incompreensão. Seis anos, duas províncias, dois estados, dois países, sete cidades, duas casas, oito apartamentos chega uma hora que cansa. Cansa! Então surge uma palavra, hedonismo, que vem do grego edonê que significa prazer. É tipo uma doutrina que defende que o prazer é o meio correto para atingir o objetivo supremo do homem, a saber, a felicidade; felicidade esta que tem como essência precisamente o prazer. A moral, para o hedonista deve ser ordenada segundo o modelo que é dado pela busca do prazer, quer dizer que é considerado moral tudo aquilo que dê prazer a você e imoral tudo aquilo que te faça sofrer. O legal mesmo são os ”bonitos” acharem que o que dá prazer para eles, dá prazer para você. Acho sensacional ver criaturas perdendo tempo com comentários inúteis sobre suas decisões…

Nenhum comentário: